Nervosismo... Como lidar?

quarta-feira, 27 de abril de 2016

 Sou uma pessoa extremamente nervosa... Vivo as coisas sempre a trezentos à hora, tremo por tudo quanto é lado, choro quando atinjo um pico muito alto de nervosismo. Além disso, a minha mãe queixa-se constantemente que contagio as pessoas à minha volta com o meu mau-estar e que, muitas vezes, ficam nervosas comigo.
 Tento, todos os dias, mudar esse aspecto em mim, embora não seja nada fácil. Nas semanas que não mais preenchidas e tenho mais coisas a mudar-me a rotina, faço na minha cabeça mil e um filmes de forma a organizar-me da melhor forma, isto com 5/6 dias de antecedência.
 Claro está que já não é primeira vez que vivo um nervosismo intenso e, chegada a altura temida, passa tudo tranquilamente. Por isso, ultimamente, tenho tentado controlar o nervosismo de variadas formas...

  1. Nos dias antes ao que receio, vou cedo para a cama, para que o meu corpo possa relaxar tempo suficiente, mesmo que demore a adormecer ou até acorde a meio da noite... ir cedo para a cama é importante para o meu nervosismo, pois o corpo tem mais tempo para descomprimir;
  2. Bebo chá, que cliché dizem vocês, mas a verdade é que o chá faz mesmo muito bem ao nosso organismo. Fico exponencialmente mais calma e feliz;
  3. Saio à rua, nem que por 20 minutos, para dar uma corridinha, pois acredito mesmo que o exercício faz bem à alma e, corpo exercitado, mente mais descansada;
  4. Estou com pessoas que gosto, mesmo que tenha que estudar muito muito muito, arranjo sempre tempo, antes da altura stressante, para estar com as pessoas que me são chegadas. Rodeio-me de pessoas que me fazem bem, egoísta ou não, isto é um excelente conselho;
  5. Oiço MUITA música. Penso que este é perceptível para toda a gente. Música é o melhor calmante;
  6. Como bem, saudável e nutro o meu corpo, já por várias vezes o meu corpo me falhou nestas alturas, pois não compensava as energias que gastava com o nervosismo. Por isso, agora, tenho o cuidado de fazer uma alimentação o mais equilibrada possível, principalmente nestas alturas, para que o meu ser aguente toda a pressão que lhe vou fazer!
 Não sou nenhuma conhecedora nesta área, estou em Matemática (façam as contas!!!!), contudo, é assim que trato de mim... Estou também sempre à procura de novas formas de aprender a estar melhor comigo.
 Há alturas da vida em que precisamos mesmo de espairecer o máximo possível e pensar pouco. É assim que tento afastar-me do meu ser nervoso.

E agora vou embora. Hoje vai ser um dia bem longo!

1 comentário: