Não era o último!

sábado, 31 de dezembro de 2016

 A verdade é que não podia deixar o ano passar em branco sem recordar os marcos que este teve. Não é que considere que o meu ano respira ar fresco na passagem de ano, porque, para mim, há uma nova etapa no aniversário a nível pessoal e no início do ano lectivo a nível profissional. De qualquer forma, 2016, em particular, foi muito marcante, foi um ano de muitos momentos bons, de muitas superações, de muitos desafios e conquistas.
 O ano em que a relação com a minha irmã ficou ainda mais forte. Passámos por tudo juntas, assistimos às conquistas uma da outra bem de perto e fizemos todo o tipo de parvoíces na companhia uma da outra, como não podia deixar de ser.

Será o último do ano?

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

 Para me despedir deste ano da melhor forma com o meu blogue, trago-vos algo que escrevi ainda antes do Natal. Bem, não tive oportunidade de vos contar mais cedo, mas este ano, a conselho da Joana Limão, abracei um desafio para esperar o Natal de uma forma mais saudável e plena. Foi tudo ideia da Kris Oak que reuniu uma série de compromissos e desafios, desde ler um livro por meia hora ou não beber café ou evitar o telemóvel durante certos períodos a reduzir no açúcar e ter atenção ao nosso redor, para irmos fazendo e completando ao longo do mês de Dezembro, criando um grupo no Facebook onde partilhávamos as nossas experiências e colocávamos dúvidas, onde interagíamos de uma maneira muito simples e bonita.
 A determinado dia, um dos desafios era escrevermos 5 coisas que quiséssemos alcançar em 2017. Fi-lo e decidi mais tarde que o queria partilhar por aqui. E qual o dia mais indicado para isso além do penúltimo do ano? Assim, amanhã já me despedirei de 2016 com uma atitude mais focada nos meus objectivos.
Outro presente que recebi e que diz tudo.

Este é sobre Música...

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

 ... mas não sobre alguma banda em específico. Aliás, é sobre listas de músicas e uma pessoa muito especial, acho que ela nem faz ideia de que estou a escrever esta publicação.
 A Inn é uma das pessoas mais especiais que a blogosfera me apresentou. Não só a sigo aqui, como também no Twitter e adoro a companhia que ela me faz sem sequer ter noção disso. É uma pessoa de coração puro e sincero, uma miúda doce e incrível que nos deixa sempre de olhos brilhantes com os seus magníficos textos. Já falei dela por aqui, se bem que sinto sempre que deixei alguma coisa por dizer, merece tanto mas tanto mais do que isto. Duvido que algum dia consiga verbalizar o que esta rapariga com as suas ternas palavras já me fez sentir!
 Porém, não é do blogue dela que vou falar, apesar de ser fantástico e ser merecedor de todos os holofotes...
 Venho mesmo falar-vos do canal spotify dela. Nem de propósito estou a escrever este texto com uma das suas selecções no fundo, a Instrumental Mood. Não me desapontando também neste aspecto, a Inn tem um gosto musical excelente.
 O canal dela é muito organizado, tem coletâneas para todos os momentos e as capas que a Inês escolhe para representar cada uma são mesmo bonitas, simples e originais. Uma das minhas favoritas é sem dúvida a Hot Chocolate Moment. Toda a harmonia desta playlist aconchega-me num abraço bem quente e com sabor a um chocolatinho bem quentinho.
 Assim, deixo-vos esta última sugestão antes do ano acabar, procurem, oiçam e sejam bem vindos a um mundo de paz e serenidade pleno.
 

Blogue e o Amigo Secreto!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

 Adoro iniciativas interessantes e interativas por estas bandas, acho que cria uma sensação de proximidade muito aconchegante e que nos faz conhecer outros cantinhos e pessoas. E isso tem um valor enorme. Aproveitar esta época festiva e feliz para divulgar ainda mais a simpatia e carinho por parte dos representantes de cada casinha da blogosfera é uma ideia de génio, mesmo!
 Este Natal, devemos um OBRIGADA gigante à Catarina, uma rapariga com um coração enorme e uma personalidade muito fofinha. Ela teve esta ideia fantástica de realizar uma troca de prendas e a cada um dos participantes calhou um blogue a quem tinham de corresponder e mandar um miminho.
 Bem, antes de vos mostrar o que me ofereceram, vou falar um pouco do que ofereci.
 Não sei se estarão familiarizados com a Miss Melfe, mas ela tem um cantinho amoroso e super bem pensado, é muito organizada e traz-nos sempre publicações incríveis e viciantes, no sentido em que voltamos constantemente ao blogue dela ver se há novidades. Certamente poderão ver com detalhe o que lhe ofereci, tendo em mente, desde já, que não foi nada do outro mundo, foi apenas um carinho e pensado com o coração.

Oh Oh Oh It's Christmas Time!

sábado, 24 de dezembro de 2016

Uma das melhores prendas que recebi!
 
 Finalmente, chegou o dia que muitos de nós esperamos de tão variadas formas, mas, ainda mais importante, chegaram os dois dias em que revemos família, aquecemos os corações com longas conversas e canecas de chá, aconchegamo-nos nas mantas e no abraço do amigo, familiar, observamos tudo com surpresa e admiração. É uma época linda da qual tento reproduzir o sentimento ao longo do ano. As pessoas têm todas um ar tão mais leve, tão mais puro, tão mais calmo. Quem me dera que todos os sorrisos se iluminassem no dia-a-dia como o meu se ilumina nesta altura.
 A todos os que estão desse lado, desejo um Natal bem repleto, bem cheio, bem feliz, rodeiem-se dos que realmente amam e dos que genuinamente gostam de vocês.
 Oiçam muitas músicas de Natal, vejam muitos filmes de animação!
 Um beijo gigante para todos!

Celebrações!

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Foto da Missa Rorate à qual levei a minha mana!
 Como andam os preparativos para esta época tão bonita por esses lados?
 Vivo sempre esta altura com uma calma imensa e este ano não destoa disso. Apesar de haver pessoas cuja tradição envolvia que já não nos podem acompanhar tão vivamente, fazemos sempre questão de viver da melhor forma esta época tão especial.
 Como não podia deixar de ser, a minha irmã é a pessoa mais especial que tenho na minha vida, por isso, é com ela que gosto de partilhar todos os momentos e mais alguns de todos os dias e, em especial, deste período. É a minha almofada de todas as tristezas, o meu troféu de todas as conquistas, o meu sorriso de todas as alegrias, o meu saco de boxe de todas as frustrações, o meu peluche de todos os abraços e aconchegos, a minha companhia de todas as aventuras.
 Quando digo para se rodearem das melhores pessoas que têm, não precisam de ser cem, quinhentas ou mil. No meu caso chega-me uma para me sentir plenamente em casa, para sentir que o dia já valeu a pena, para sentir uma alegria exponencial. Provavelmente, não lho digo tantas vezes, mas esta época também tem este propósito: lembra-nos de agradecer diariamente às pessoas que fazem o nosso dia. Abracem-nos, sorriam-lhes, olhem-nos, cumprimentem-nos, falem com eles, mandem uma mensagem cheia de carinho. Façam-nos saber o quão especiais são. E celebrem-no neste espírito Natalício e fofinho.
 Espero que o vosso Natal seja uma alegria imensa.

Joanices da Joaninha #3

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

 Durante uma conversa com a querida Lyne, apercebi-me que nunca vos tinha contado um facto que eu considero mesmo interessante sobre mim.
 Não sei se sabem, mas estou a licenciar-me em Matemática, o que é um sonho de há já algum tempo, o que é também uma decisão que me levou alguns meses a tomar e algumas pessoas a contrariar. Sou muito feliz no meu curso, apesar deste ano ter passado por uma terrível desmotivação, que logo passou mal me apercebi que não poderia estar a fazer outra coisa. Aprecio cada aprendizagem, cada palavra, cada quadro, cada slide, cada teorema com uma expressão de admiração gigantesca. Adoro sentir que sei e responder, adoro sentir que não sei e ficar fascinada quando descubro. Sempre gostei de Matemática, passeava com a minha mãe e comentava as formas geométricas e estimava tudo e mais alguma coisa, raciocinava rapidamente, adorava ir às compras por causa da parte de receber o troco e verificar instantaneamente se estava certinho. Tive professores que me impressionaram e fizeram querer saber mais, por isso, aqui estou eu.
Sim, eu uso cadernos de linhas!

Aos 3 é de vez #4

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

 Há muito tempo que não escrevo nesta rubrica... Na verdade, há muito tempo que não escrevo no blogue e peço-vos desculpa. Embora tenha muito para dizer e, várias vezes ao dia, pense «tenho de partilhar isto com eles», o tempo anda imensamente escasso e parece que não chega para nada.
 Porém, aqui estou eu, tarde ou cedo, depende de vocês, e hoje escrevo-vos sobre três dos meus momentos favoritos do Natal.
 O Natal sempre foi uma época muito especial na minha vida, não por causa de toda a tradição de troca de presentes, mas sim pelo convívio, pelo aconchego, pelo cheiro, pelas sensações de uma forma geral. Em casa dos meus avós, tiram-se aquelas loiças delicadas e aqueles talheres lindíssimos, os copos que brilham como novos e já tão velhos, estendem-se mesas longas, com incontáveis cadeiras, porque chega sempre mais alguém para se sentar e conversar. Os miúdos falam, riem, sem preocupações, os adultos esquecem-se da azáfama dos empregos e divertem-se a pôr tudo em dia, os velhinhos observam tudo com um brilho nos olhos e nostalgia. É uma época lindíssima e cheia de significado.