Aos 3 é de vez #4

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

 Há muito tempo que não escrevo nesta rubrica... Na verdade, há muito tempo que não escrevo no blogue e peço-vos desculpa. Embora tenha muito para dizer e, várias vezes ao dia, pense «tenho de partilhar isto com eles», o tempo anda imensamente escasso e parece que não chega para nada.
 Porém, aqui estou eu, tarde ou cedo, depende de vocês, e hoje escrevo-vos sobre três dos meus momentos favoritos do Natal.
 O Natal sempre foi uma época muito especial na minha vida, não por causa de toda a tradição de troca de presentes, mas sim pelo convívio, pelo aconchego, pelo cheiro, pelas sensações de uma forma geral. Em casa dos meus avós, tiram-se aquelas loiças delicadas e aqueles talheres lindíssimos, os copos que brilham como novos e já tão velhos, estendem-se mesas longas, com incontáveis cadeiras, porque chega sempre mais alguém para se sentar e conversar. Os miúdos falam, riem, sem preocupações, os adultos esquecem-se da azáfama dos empregos e divertem-se a pôr tudo em dia, os velhinhos observam tudo com um brilho nos olhos e nostalgia. É uma época lindíssima e cheia de significado.

 Os meus momentos favoritos reflectem isso tudo:
  1. O jantar com a minha irmã e a minha mãe no dia 23 à luz das velas, o nosso pequeno Natal, em que deixamos que todo o espírito nos envolva e usufruímos da companhia uma das outras longe da confusão do consumismo e afins, antes dos dias em si;
  2. Ver o presépio com o meu avô na igreja da terra onde fui registada, era algo de que o meu avô sempre se orgulhou muito («a tua cidade não tem um presépio como este, é até mais bonito que o que vamos ver da Cavalinho, é ou não é netinha?»). Infelizmente, este passou a ser apenas uma memória, mas vou sempre lembrar com eterno carinho os olhos do meu avô a sorrir ao ver-me admirar aqueles 6 metros quadrados de presépio;
  3. O aniversário da minha avó no dia 25 e a família reunida como não podia deixar de ser. Celebramos dois aniversários num e temos duas razões muito fortes para nos juntarmos todos. E cada vez este momento tem mais intensidade, uma vez que a família está a crescer a passos largos. Ohhh! E sabe tão bem.
 Todo o mês de Dezembro é um mês mágico, os filmes natalícios, as camisolas e pijamas quentinhos e temáticos, as mantas fofinhas, as ruas iluminadas, as músicas animadas, as pessoas sorriem mais, falam mais, vivem mais. É tão bonito de se ver. Sinto um carinho imenso nesta época. E adoro isto!
 E os vossos momentos favoritos? Identificam-se com algum?

12 comentários:

  1. Esses momentos em família valem ouro. Nunca me esqueço da sorte que tenho por ter a minha família por perto :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso que sinto Carol, uma sorte imensa por os ter relativamente perto!

      Eliminar
  2. Como eu te compreendo! Também adoro o Natal, não só pelos presentes, mas por todas essas sensações que falaste. Acho que são as decorações de Natal, os pequenos detalhes da preparação da ceia de Natal e a família reunida que torna esta época mágica :).
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida Cherry, são os momentos que vamos recordar quando formos mais velhos :)

      Eliminar
  3. Dou muito valor a esses momentos, e está época sempre foi muito festiva e muito mágica. Um dos meus primos faz anos no dia 25,e depois a minha irmã faz anos dia 31,ou seja há sempre festa em ambos os dias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh que giro!!! De facto, vocês celebram duplamente :)

      Eliminar
  4. O natal é mesmo isso ! Estarmos todos reunidos e matar as saudades :) Esses momentos que ficam para sempre gravados na nossa memória

    ResponderEliminar
  5. Minha querida Alforreca... que saudades tuas! Espero que esteja tudo bem contigo, beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  6. O meu avô faz anos a 25 e isso também é um momento meu favorito

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só a felicidade que expressam por ver a família toda reunida no seu dia!

      Eliminar