Nhami, Alfacinha!

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

 Para quem me conhece não é novidade que adoro cozinha vegetariana e explorar todo esse mundo. Gosto mesmo de ir para a cozinha e experimentar ingredientes novos, alimentos diferentes, temperos arriscados, com o coração e a imaginação a palpitar. Porém, não o sou, nem tenciono sê-lo, uma vez que aprecio imenso peixe e não penso que fosse capaz de parar de o comer.
 Mesmo assim não perco uma oportunidade, nem recuso um convite para ir almoçar ou jantar a um restaurante vegetariano, seja este uma novidade ou um sítio frequente. Na passada quarta-feira, surgiu a oportunidade de ir experimentar um sítio novo super bem acompanhada. Nas duas grandes cidades há imensa oferta de menus biológicos, saudáveis, bonitos e deliciosos, por isso, fico mesmo contente quando, por cá, descubro sítios alternativos aos que visito regularmente.

 Foi a vez de ir almoçar ao Alfacinha, um mercado orgânico conjugado com um restaurante vegetariano e macrobiótico. Por menos de 6 euros, comem uma sopinha, deliciam-se com o prato principal e bebem o chazito do dia. Por 7 euros ainda têm direito a uma sobremesa feita com ingredientes pensados e bastante benéficos à saúde. Além disso, o ambiente é super convidativo e tem uma decoração lindíssima.
 Foi tão bom chegar lá, receber um olá cheio de sorrisos, escolher uma mesa onde podíamos ir apreciando os maravilhosos produtos que enchem as prateleiras e ainda poder ouvir os pratos a serem confeccionados. Admito que fico sempre um pouco nervosa quando demoram a vir trazer-me o prato, mas, saber que o estavam a confeccionar ali mesmo, à frente de todos os clientes, sem medo ou algo a esconder, foi tão gratificante.
Prometo que estava delicioso!
 Como não estava muito virada para os doces, raramente estou, pedi o menu mais económico: a sopa era maravilhosa e era uma taça bastante generosa com um sabor super característico e fresco; escolhi moqueca de vegetais com tofu servido por cima de bulgur - só coisinhas que eu adoro - que vinha servido numa tacinha; bebi o chá delicioso do dia. A minha amiga optou por uma tarte - com base super orgânica - de cogumelos acompanhada de um salteado de legumes e bulgur - era o cereal que estava a ser servido no dia.
 Saímos as duas de barriga satisfeita e com promessa de lá voltar brevemente. A simpatia das meninas encheu-nos o coração e deixou-nos radiantes por ainda haver pessoas que realmente gostam e mostram gostar do que fazem.
 Se tiverem oportunidade, experimentem!!!

4 comentários:

  1. Que óptimo aspecto. Nunca lá estive, mas é para experimentar. Já foste ao The Food Temple? :p

    ResponderEliminar
  2. Não faz bem a minha "onda", mas tem bom aspecto...

    ResponderEliminar
  3. Estou cheia de vontade de ir experimentar esse sítio! :)

    Beijinho grande e muitas felicidades!
    Chamam-me Pequenita: https://chamammepequenita.blogspot.pt

    ResponderEliminar