Carinho...

terça-feira, 14 de março de 2017

 Gostar de alguém não significa sufocá-lo com mensagens, perguntas, chamadas. Gostar de alguém não passa por não largar a pessoa ou consumir-lhe o juízo até ela ficar sem paciência. Gostar de alguém, por vezes, é muito mais do que perguntas, palavras ou insistências.
 Não me refiro apenas a relacionamentos amorosos, mas também a amizades e laços familiares. Gostar vai além do estar constantemente a falar com alguém. Muitas das ligações mais fortes que tenho não "exigem" contacto constante, porque, de ambos os lados, sabemos que basta uma mensagem, um telefonema, um olhar para percebermos que ainda estamos lá mutuamente.


 Há ideias fundamentalistas de que temos de estar 24/7 com alguém se gostamos dela ou a acarinhamos, já eu considero que darmos o espaço que a pessoa precisa é de tamanha importância. Não me entendam mal, se me "escolherem" como amiga, vão notar que sou preocupada, dedicada, carinhosa, porém, sei dar um passo atrás quando noto que estar a insistir com alguém não vai dar a lado nenhum; sei respeitar a manifestação de felicidade de uma pessoa e torná-la ainda mais grandiosa; sei estar em silêncio a limpar as lágrimas dos meus amigos.
 Carinho passa por tudo isto. Carinho entre irmãos passa pela compreensão mútua e pelas discussões engraçadas que nos fazem perceber que, apesar de tudo, não estamos sozinhos. Carinho de uma mãe para com o filho passa por saber repreendê-lo quando tem de ser, passa por fazer festinhas nos cabelos para adormecer, passa por celebrar e ralhar. Carinho de um filho para com a mãe ou pai passa por perceber que também os pais são humanos, passa por ouvir os seus desabafos e descentralizar a vida caseira de nós, passa por valorizar as suas conquistas tanto quanto as nossas. Carinho de um casal passa por sorrirem, amarem, abraçarem, ultrapassarem, compreenderem as coisas como um só. Carinho numa amizade para por amparar e deixar voar.


É tão bom sentirmo-nos acarinhados quanto acarinhar, vão por mim! Acarinhem todos os dias, nem que seja apenas uma pessoa ou um animal. Façam-no e vão ver como os vossos dias vão ser muito mais cheios de felicidade e bons momentos, mais repleta de sorrisos e gratidão. Só faz bem. Por uma vida carinhosa.
 Beijinhos carinhosos para todos.


 Aproveito para partilhar convosco um giveaway que é mesmo a minha cara!

7 comentários:

  1. Que bebe tão querido! Concordo definitivamente com isso. É tão verdade e muitas vezes, as pessoas que nos sufocam com mensagens, telefonemas, etc etc nem são aquelas que mais se preocupam connosco ou que mais gostam de nós. Tenho um carinho enorme por pessoas com quem fico sem falar durante meses, mas sempre que falamos é como se tivéssemos falado no dia anterior, exactamente por causa dessa palavra com uma importância enorme - carinho. E sei perfeitamente que se precisar e procurar essas pessoas, elas são as primeiras a darem-me a mão :)

    ResponderEliminar
  2. Definitivamente carinho/atenção/amor não é encher as pessoas com chamadas e mensagens, ninguém consegue viver assim! Tenho a mesmo perspectiva que tu, é necessário dar espaço. É o carinho mutuo e o respeito pelo espaço de cada um que torna relações mais fortes e duradouras. Os meus amigos sabem que tenho outras prioridades (e eu sei que eles também as têm) e damo-nos bem assim. Uma vez que ao fim do dia existe tempo para um telefone rápido ou uma troca de mensagens ou mesmo para combinar um café para o dia a seguir. Mas o carinho está sempre lá e é o que importa.

    ResponderEliminar
  3. Quando li este texto apercebi-me do quão me encaixo nas tuas palavras. Dar carinho e acarinhar familiares, amigos, namorado é mesmo maravilhoso! Que texto tão lindo, Ju :)
    (Deduzo que seja o teu maninho) Que bebé tão riquinho!

    ResponderEliminar
  4. Gostar de alguém significa também dar espaço e liberdade. Não é necessário uma presença constante para que o carinho se sinta e simples palavras ou gestos como esse provam isso mesmo.

    ResponderEliminar
  5. Faço por acarinhar diariamente os meus e por me sentir acarinhada! Beijinho, adorei o texto *

    thebrunettetofu.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. És uma linda! *0* Concordo plenamente com o teu texto, porque eu mesma encaro as relações como bem as descreveste: a melhor demonstração de carinho é darmos espaço à pessoa quando ela bem precisa, mas sem nunca a deixarmos ao abandono! E a cada dia, tenho-me vindo a sentir ainda mais feliz por te ter comigo! <3
    Beijinho, meu anjo!

    LYNE

    ResponderEliminar