Leap!, um filme motivador

terça-feira, 9 de maio de 2017

 Este domingo, vi Leap! enquanto estudava, uma vez que ainda estou desafogada de frequências e avaliações. Um filme que retrata a vida de uma jovem órfã cujo maior desejo é ser bailarina.
 Felicie vive num orfanato misto e sonha diariamente fugir com o seu melhor amigo, Victor, para Paris onde almeja por ingressar na Grand Opera e tornar-se uma das únicas meninas dançarinas.
 Quando, finalmente, Victor arranja um plano suficientemente bom para escaparem daquela casa que limita os sonhos, os dois são convidados a viver aventuras inesperadas e lançam-se num espírito aventureiro e corajoso enorme. Acabam por se separar, mas, ambos conseguem ir safando-se, sem nunca se esquecerem de se reencontrarem e actualizar as aventuras.
 A jovem traquina conhece uma mulher que anda de bengala e limpa a casa de uma senhora muito má, começa a viver com ela, ajudando-a nas limpezas, até que começa mesmo a ser treinada por esta quando rouba a identidade à filha da senhora má para entrar numa classe de bailarinas.
 O que mais me inspira e motiva é a evolução que a miúda fez e a paixão que esta tinha. durante o filme, as pequenas bailarinas são confrontadas com a pergunta «Porque danças?», sendo poucas as que sabem responder, isto intrigou-me mesmo muito!
 Não conseguindo evitar o meu espírito curioso, irrequieto, comecei a pôr a vida atleta de Felicie em paralelo com a minha. Também eu comecei a praticar patinagem artística mais tarde do que o «normal» e todos os dias é um desafio para acompanhar as crianças que não racionalizam e fazem aquilo naturalmente desde pequeninas.
 Com este filme de animação mesmo bonito, reiterei que com trabalho, esforço e dedicação conseguimos mesmo chegar mais longe. Ela não desistiu. E respondeu à pergunta que lhe colocaram sem hesitar e com lágrimas nos olhos e no coração! Não dança apenas porque alguém projectou que isso seria o melhor para ela.
 Eu consigo responder à pergunta «Porque patinas?». E vocês, conseguem, interiormente, saber porque praticam certas actividades?

6 comentários:

  1. Fiquei cheia de vontade para ver este filme, Joana!! Preciso de um pouco de motivação e tudo (:

    ResponderEliminar
  2. Adorei o filme! Gostei muito da animação e da qualidade da mesma!
    Imprevisível também o seu final, não é?

    ResponderEliminar
  3. Adoro filmes de animação e a descrição que fizeste sobre este entusiasmou-me. É incrível como estes filmes nos transmitem verdadeiras lições :)

    ResponderEliminar
  4. Parece super interessante! Também quero ver :)

    ResponderEliminar
  5. Tinha-me esquecido completamente que este filme já tinha sido lançado! No ano passado fiquei bastante curioso mas com o passar do tempo varreu-se da minha memória. Com uma review assim tão positiva acho que vou vê-lo :)

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
  6. Não conhecia este filme mas fiquei cheia de vontade de vê-lo :)
    Em relação à pergunta... A mim teria que adaptar-se "Porque tocas violino?". Comecei este ano, aos 25 anos, e não me arrependo nada. Toco violino porque sempre fui apaixonada por esse instrumento (mesmo que a minha formação musical tenha sido piano) e porque me desafia. Porque me faz sentir livre. Porque me transporta para um outro universo. Principalmente, porque gosto. E isso é o mais importante :)

    ResponderEliminar